Coloração Sem Categoria

Saiba o que é neutralização de cores e principais cuidados indicados

Escrito por LM Gomes

Quem trabalha com coloração já sabe que é comum não alcançar o tom desejado. Isso ocorre, entre outros fatores, pelo fundo de clareamento do cabelo (pigmento que os fios possuem naturalmente) e por excesso de exposição solar, então conheça os maiores cuidados sobre neutralização de cores.

Em qualquer caso, será necessário realizar a neutralização de cores com o objetivo de eliminar os tons indesejados, principalmente laranjas, amarelos, vermelhos e cinzas. Para isso, é preciso utilizar a conhecida Estrela de Oswald.

A Estrela de Oswald é uma tabela formada por cores primárias e secundárias onde você deve buscar o tom oposto ao que deseja neutralizar. Utilizando as tabelas indicadas, você saberá exatamente quais misturas realizar a fim de eliminar tons indesejados.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue lendo este post! Separamos tudo o que você necessita saber sobre neutralização de cores para fazer um ótimo trabalho e conseguir novos clientes. Acompanhe:

Como é feita a neutralização de cores?

Para entender como é feita a neutralização de tons indesejados, é preciso voltar a pré-escola, quando estudamos o que são cores primárias e secundárias. Se você não lembra do que estamos falando, fique tranquilo. É bem simples, olha só:

Cores primárias: são cores que independem de outras para existir. É o caso do amarelo, azul e vermelho.

Cores secundárias: são a mistura de duas primárias. O laranja, verde e roxo (ou violeta) são exemplos.

Em termos gerais, as cores secundárias se formam assim:

  • amarelo + vermelho = laranja;

  • azul + amarelo = verde;

  • vermelho + azul = violeta.

Para neutralizar uma cor, portanto, você deverá utilizar um matiz diametralmente oposto. O amarelo, por exemplo, se mistura com o vermelho e o azul. Já a mistura do vermelho com o azul forma a violeta. Logo, a violeta é a cor oposta à amarela. É justamente por isso que utilizamos a violeta genciana para neutralizar tons indesejados de cabelos descoloridos.

Desse modo, funciona basicamente assim:

  • o laranja neutraliza o azul e vice-versa;

  • o verde neutraliza o vermelho e vice-versa;

  • a violeta neutraliza o amarelo e vice-versa.

No entanto, é importante destacar que ainda existem as chamadas cores terciárias — aquelas que são feitas da mistura das cores primárias e secundárias. Para acertar em cheio na neutralização, o profissional deve ficar extremamente atento a esse detalhe.

Se você compra uma tinta azul turquesa, por exemplo, você não estará levando para o salão uma cor primária. Isso ocorre porque esse tom de turquesa vem do azul misturado com o verde. O mesmo ocorre com o rosa, que vem da junção do vermelho e o roxo.

Para neutralizar o azul turquesa, portanto, o ideal seria utilizar uma mistura com o laranja (cor oposta ao azul) e o vermelho (oposta ao verde). Parece complicado, mas não é. Com a Estrela de Oswald em mãos, basta prestar atenção nos tons.

Se ainda não está segura, não deixe de fazer o teste da mecha antes de aplicar a coloração no cabelo todo. Assim, você terá certeza que está fazendo a mistura certa e a sua cliente ficará ainda mais satisfeita com a preocupação e zelo.

Quais são os cuidados pós-neutralização?

Você já sabe que depois de fazer qualquer processo químico, é fundamental tratar os fios para que eles permaneçam com saúde. Por isso, seja honesta, fale dessa importância à sua cliente e ofereça tratamentos — como a Cristalização da Cor.

Se o nosso artigo sobre neutralização de cores foi útil para você, siga-nos lá no Facebook e no Instagram e receba outras dicas para melhorar a qualidade do seu serviço!

neutralização de cores

Sobre o autor

LM Gomes

O melhor espaço para cabeleireiros profissionais.

Deixar comentário.

Share This
Navegação